Tudo indica que dois projetos de importância prioritária para quase 40 mil moradores de São Gotardo, no Alto Paranaíba, não estão recebendo da prefeitura local o interesse que merecem. O primeiro, se refere à implantação na cidade da “Internet Banda Larga Para Todos”, um programa do Governo Federal não gratuito mas de tarifas expressivamente inferiores das de operadoras privadas que, sabidamente, nem sempre oferecem serviços de qualidade. O segundo, um abaixo-assinado ao mandatário Sekita , vem mobilizando o município inteiro. O documento pleiteia que ele abra, em caráter de urgência, editais de convocação para concurso público, visando a renovação do quadro administrativo. Desde 2012 não se faz concurso na cidade. Aliás, ano que o mandatário iniciou seu governo! Os moradores entendem que a seleção de servidores através de concurso vai gerar grandes benefícios de qualidade. O trabalhador, no exercício de sua função por vocação tende a render muito mais e oferecer trabalho de qualidade. Não é o que acontece lá, presentemente.. Em relação à banda larga do Governo Federal, o Ministério de Ciência, Tecnologia, inovação e Comunicações – MCTTIC informa que ela está à disposição de qualquer município, mas em SG parece não despertar a boa vontade de Seiji Sekita. Entre as desconfianças, a de que a referida implantação do serviço federal fere interesses de operadoras privadas que perderiam um filé respeitável do mercado. Hora de o prefeito japonês mostrar se gosta de São Gotardo. Iniciativas, enfim, que levam benefícios ao povo do município! Os casos da internet e do abaixo assinado estão em mãos da vereadora Denise Alves..

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
rss