Perto de completar 80 anos  repletos de saúde  Carlos Anselmo do Nascimento  é um  admirável mestre das disciplinas de Português e Francês que, por décadas, ministrou   no ensino público de São Gotardo e Matutina, região do Alto Paranaíba. Recentemente, assisti a uma entrevista com ele no canal  de tv independente “Lerolero” quando foram destacadas  também as pessoas  dos irmãos educadores Oswaldo e Sergio Bueno, antigos amigos.  Meu interesse pelo jornalismo   brotou  inspirado  no   método incansável e dedicado de Carlos Anselmo  no ensino da  língua pátria no Colégio Estadual Pio X.  Costumeiramente,  ele  dava  “tarefas para casa”  (ou na própria classe)     consistidas em  escrever      redações sobre determinado tema. Após selecionar a melhor delas, fazia a leitura, pessoalmente,  na classe. De certa feita, cumprindo  a um seu pedido, escrevi  uma  à qual dei o título de “Professor Ranzinza”. kkk! A pessoa descrita  era exatamente  ele, um educador exigente e dedicado de cujos conhecimentos ninguém  duvidava. Para meu espanto,   leu o tema na sala, democraticamente. Aliás,  com muita frequência,  exibia as  melhores  redações  da classe até mesmo no colégio das freiras instalado no histórico Prédio Amarelo. Nunca vi um professor tão rigoroso na aplicação das concordâncias verbais! Enfim, esse incrível cidadão  deu-me o empurrão que faltava para o exercício do  jornalismo. Não que eu fosse um ótimo aluno. Nada  disso. É que as aulas de português  ministradas por ele  se tornavam  prazerosas! Estimulado em seus   métodos de ensinar,  passei a gostar de  ler e escrever. Ao grande   mestre um abraço, com carinho!  

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
rss