Michel Temer se notabilizou no contexto da malsinada aliança PT/PMDB, que destruiu o país, na condição de filho bastardo de Lula. Sim, um rebento mal parido das relações libidinosas de conúbio e festivas surubas e bacanais políticos fornicados em projetos de longo poder e espoliação ao tesouro nacional. As ejaculações precoces do “reizinho barbudo” fertilizaram Temer na barriga da legenda vermelha, ocasionando a mestiçagem que, originária de segmentos conflitantes da sociedade, jamais se amalgamaria em clima de coexistência pacífica. A não ser, claro, em acertos das grandes falcatruas. Torna-se necessário que os brasileiros se acautelem. O mesmo laço de ilegitimidade continua unindo Lula e Temer. Juntos, eles planejam implodir a Lava-Jato, por todos os meios.

Facebooktwitterpinterestlinkedinmail
rss