Pneus,mato, cobras e ratos, os problemas do lote da Prefeitura

Pneus, mato, cobras e ratos, os problemas do lote da Prefeitura

Quase uma semana após as denúncias, só ontem, dia 7,  a prefeitura de São Gotardo, no Alto Paranaíba, deu início aos trabalhos visando retirar grande quantidade  de pneus velhos no loteamento de quase dois hectares do qual é proprietária, no Bairro Boa Esperança,  para diminuir os riscos de proliferação do mosquito da dengue.

Pela própria omissão e desmazelo do órgão, o local foi transformado em perigoso foco da doença já espalhado por toda a cidade, mas a operação de recolhimento lá verificada, hoje, pessoalmente, por este site, ainda não é indicativa de encerramento do grave problema. O trabalho se limitou ao empilhamento  dos pneus na própria área, ao lado de uma casa.

Situado ao lado do PROMAM, próximo ao CESG e da Escola Lourdes Ladeira, o loteamento da Prefeitura vinha sendo denunciado como área de  descarga de pneus usados de sua própria frota, incorrendo  em falhas gravíssimas, pois além do seu questionável combate aos focos da doença em toda a cidade ainda dava o mau exemplo de manter em sua propriedade um formidável viveiro da praga. É de se lamentar o atraso de quase uma semana, considerando a gravidade do nível de infestação.

Deve ser registrado também que esta operação de limpeza não pode ficar  reduzida ao recolhimento apenas dos pneus. A área de quase 20 mil metros2 se encontra completamente coberta de mato. Seu  limite vai ao Córrego Confusão onde é corriqueiro o aparecimento de cobras venenosas tais como jararaca e jaracuçu, incluindo-se a proliferação de baratas, ratos e escorpiões.

Não se pode aceitar também  que a Prefeitura encarregada de fiscalizar e multar donos de lotes nestas condições seja a primeira a descumprir os regulamentos de ocupação urbana.

Facebooktwitterpinterestlinkedinmail
rss